domingo, 1 de setembro de 2013

Objeto versus imagem


Diante do espelho, o homem é o suposto reflexo real da sua virtualidade insensata desprovida de sentimentalidade. Às vezes me pergunto observando os animais irracionais, porque são eles tão racionais que os próprios “racionais”? A evidência é clara como a manhã que ainda assim é generosa ao clarear a obscura “racionalidade” humana.

Murillo Cesar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário